Menu

Só mais uma loucura de amor

31 de julho de 2013
Olá meninas!
Quero muiiito me desculpar pelo meu desaparecimento, mas agora eu voltei e dessa vez é pra ficar, hahaha. Então... para um post de volta, vou atualizar vocês com os textos (desse post).

O primeiro texto é da Thayná Laube, 18 anos. Vamos lá!


 Já não sei mais o que fazer, já não sei quem ouvir. Não sei se mudo ou não mudo, não sei se faço o que me falam ou se faço o que eu acho que tenho de fazer. Estou louca? Talvez. Se loucura for achar que o jeito dele falar é bobo, que o cabelo dele é ridículo, que o sorriso dele é maravilhoso. Se loucura for pensar nele a cada segundo, querer saber se ele esta triste, preocupado, feliz, chateado, bravo.. Se loucura for querer ver só ele, querer falar só com ele e se importar só com ele. É talvez eu esteja mesmo louca.

Minha loucura era só ELE. Eu só via ele, só queria ele, só respirava ele. ELE, ELE, ELE, ELE.

Fizemos três meses, cinco meses, seis meses, oito meses, dez meses juntos. E sempre foi tudo perfeito, pelo menos a meu ver louco né. É obvio que nesse amor teve brigas, e como brigamos. Mas nossas brigas eram passageiras no mínimo cinco minutos e no máximo uma tarde. Confiei nele todo o meu amor, confiei nele meu corpo, confiei nele minha insanidade.

E então PUF, só bastou uma tarde, alguns minutos, um maldito dia, para a nossa “perfeita loucura” se tornar um “pesadelo”. E agora? Prometi a mim mesma que não choraria, e não chorei. Bom talvez alguns segundos chorando, ou horas, ou dias... Não importa o quanto eu chorei, só posso dizer que essa loucura de amor doeu, doeu lá dentro, lá no peito e não desejo essa dor para ninguém.

Se houve conselhos? Ah sim, conselhos demais até. Se os escutei? Bom raramente loucos escutam o que os outros falam. Então para os que falaram que ele não me merecia, que não valia a pena chorar e que era melhor terminar agora do que sofrer depois eu digo: Minha loucura não vai tão longe. Por que de qualquer jeito eu continuo só vendo ele, só querendo ele e só respirando ele. Por que ele foi o primeiro e o ultimo amor da minha vida.

Jamais esquecerei todos os momentos que passei ao lado dele, todas as risadas, as lagrimas, os abraços, os conselhos, as brincadeiras, as tardes jogadas fora, o cochilo gostoso ao seu lado, seu toque, seu calor, seus olhos olhando nos meus enquanto sussurrava: eu te amo.

Loucura mesmo seria esquecer tudo isso, loucura mesmo seria deixar de amar tudo isso.


E se você escreve também pode enviar textos de sua autoria para o blog, é só conferir as regrinhas nesse post. Beijos e até o próximo!

1 Comentário

  1. Que texto triste...quando a gente acha que é o amor verdadeiro,acaba.
    Mas "todo amor vale à pena se alma não é pequena"
    Beijo.
    beleza-facil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.